16 de outubro de 2016

#WHERESTHELOVE

Quem não se lembra desta música tão única e que se tornou intemporal?! Esta foi a música que me fez apaixonar por todo o trabalho dos Black Eyed Peas, e que define tudo aquilo em que eu acredito neste mundo : o amor.

Vivemos num mundo tão ''empaturrado'' de distrações que nos esquecemos daquilo que realmente importa, ou até há momentos em que nos lembramos, momentos esses que se seguem a desastres ambientais, a guerras iniciadas sabe-se lá onde e porquê, crianças mortas à beira mar enquanto o que deveriam estar a fazer é brincar à beira mar. Jovens brancos-amarelos-castanhos-rosa-azuis, não interessa a cor, a gritar por um futuro melhor, a fugir de quem os devia proteger, a gritar contra quem os devia ajudar, a serem arrastados para aquilo que não criaram, mas que têm de continuar a alimentar para o bom proveito de outros. 

Se eu acredito que somos todos marionetas neste mundo?! Acredito! 
Mas também acredito num sentimento maior, numa força maior, num objectivo maior que pode ajudar a que as crianças, jovens, adultos e idosos de amanhã possam caminhar junto à praia sem medo do que o mar possa trazer.
 
E vocês no que acreditam ?!




 Um beijo e um queijo 

5 comentários:

  1. Que post tão interessante :)
    Sou da mesma opinião que tu. Também quero acreditar numa força maior, mas acho que cada vez que ligamos a TV não conseguimos manter esse positivismo.
    É triste... é triste que não possamos ter todos os mesmos direitos.
    LaPetiteDani.com | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É triste realmente, e mais triste porque depende sempre de nós mudar isso mas nunca o fazemos :/

      Eliminar
  2. Confesso que já me acreditei mais...de cada vez que abro as notícias fico com um enorme nó na garganta e a maior dificuldade em conseguir engolir o que vejo é o sentimento de impotência...Ainda hoje uma reportagem sobre crianças no Gana que são escravizadas desde muito novas e tudo por um ...prato de comida...trabalham de manhã á noite...por um prato de comida...isto quando não são espancadas ou assassinadas!! Uma criança em concreto foi salva (a reportagem foi a relatar também a história dessa criança em particular) e quando ia ser salva aqueles olhos assustados o MEDO com que ela estava porque achava que ia ser assassinada..não se deve ter acreditado que esta a ser salva. Ver aqueles olhos de pânico e o terror ...nós aqui no nosso cantinho no nosso luxo diário (luxo= vida normal) não temos sequer a noção de nada...e quando a temos a revolta não chega....e perco a esperança que o Amor comece a não ser suficiente também... não sei Mi, ás vezes sinto-me num mundo perdido..:(
    A música é e será aquela fonte de inspiração.
    Um grande beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podem me chamar de hipócrita, mas eu já não vejo telejornal porque sempre que faço zapping e calha só ouço/vejo desgraças e uma pessoa fica cada vez mas deprimida..
      A música deve ser transformada é num grito de guerra para a paz!!
      Beijinho

      Eliminar
  3. Olá :) Enviamos um convite para o teu email.
    Contamos contigo? :)

    ResponderEliminar